Escandalo financeiro na divisão de Pequenas Aquisições da Welington Corporation


A diretoria da Welington Corporation emitiu comunicado interno ao grupo de Pequenas Aquisições após equipe de contabilidade ter acesso ao laudo de Auditoria independente que apontou em relatório que em meados de 2011 livros contábeis demonstram que uma quantia de 667 bilhões de Euros foi desviada de uma das operações de ativos da Holding.  

Analistas apontaram as variações da London Interbank Offered Rate em conjunto com as quantia não revelada de transações com o Standard Chartered e o banco do Vaticano. Aconselhados pela divisão de Pequenas aquisições da Holding as autoridades eclesiásticas incumbiram Von Freybergde de dirigir as transformações que irão garantir ao banco do vaticano a transparencia financeira para a regulação conforme regras internacionais. Segundo os dados iniciais do relatório houve acesso não autorizado  aum dos servidores que comanda o sistema financeiro interno da instituição, a transação realizada com senhas de hierarquia avançada mostaram que a ação orquestrada foi acompanhada por hackers que se utilizaram de uma abordagem conhecida como “engenharia social” um nome que deriva de empréstimo indevido de expressão para a atitude de forjar laços de anizade em busca de informações. A rede da Welington Corporation que controla os dados do sistema é baseada em Oracle, roda atualmente o SAP e possui conexões com os principais bancos internacionais através de canais criptografados com sistemas que utilizam hoje chaves de 1024 bits.  Simon Sing, autor do livro dos códigos conviado para o primeiro forum pós-auditoria questionou se a NSA teria tido algum acesso as senhas que proporcionaram o desvio financeiro de dimensões jamais antes ocorridas no sistemas financeiro mundial.  O setor de inteligencia e informação da Welington Corporation possui um centro de pesquisas de novas tecnologias de encriptação e garantiu que a NSA se encontra no “tempo das cavernas” em comparação às tecnologias utilizadas no sistema da intranet. Não seria hoje possivel a quebra dos blocos de informações ou as assinaturas digitais necessárias para realização das transações. As autorizações para realização de quaisquer atos finaceiros acima de 120 bilhões de Euros envolve a decisaõ do conselho diretor e o rito de finalização da transação é realizado em reunião extraordinária da Diretoria da instituição com a presença de quatro diretores regionais.  A auditoria não soube avaliar o que aconteceu. O valor representava na época  2% das transações externas do setor de Pequenas Aquisições e envolveria pelo menos 42 instituições, destacando-se entre elas:

As suspeitas do acesso indevido recaem sobre equipe de traines que participava na época de estudos relacionados às taxas de juros entre bancos da Europa. em especial a London Interbank Offered Rate.  
Os acionistas da Holding aguardam a reunião geral programada para o final do ano em Bombay capital do estado de Maharashtra, no Taj Mahal Hotel, onde serão atualizados sobre o desenvolvimento do inquérito administrativo. 

Da redação da Welington Corporation 

Seguem fotos e informações do local do próximo encontro dos acionistas

Vista aérea de Mumbai



Mumbai , antiga Bombaim (em marata, Mumbaī, em inglês Mumbai ou Bombay) é a capital do estado de Maharashtra , a maior cidade da Índia e uma das maiores do mundo, com uma população estimada dezesseis milhões de habitantes ( dados / 2009).
Bombaim é a capital financeira, comercial e do entretenimento da Índia. Abriga instituições financeiras importantes, como o Reserve Bank of India (o banco central indiano), a Bombay Stock Exchange (uma das bolsas de valores da cidade) e a National Stock Exchange of India (outra importante bolsa de valores), bem como a matriz de diversas empresas indianas.


Aqui  está localizada a conhecida “Bollywood”, a indústria indiana de cinema e televisão, local de maior produção de filmes do mundo. 


Mumbai está situada na ilha de Salsete, ao largo da costa ocidental de Maharashtra,  e sua região metropolitana é a terceira maior do mundo, com uma população de cerca de 22 milhões de habitantes.


Possui um porto natural profundo pelo qual passam metade do tráfego de passageiros da Índia e grande quantidade de carga.

 

A cidade atrai migrantes de todo o país, devido às grandes oportunidades comerciais e ao nível de vida relativamente alto. Tornou-se, com isto, um reduto de várias comunidades e culturas. 
O Contraste, como acontece em todas as cidades da Índia, sem tirar a beleza
CONTRASTE - O moderno e a tradição
Bombaim é formada por duas áreas distintas, a cidade e os subúrbios, que se constituem em distritos separados, pertencentes ao estado de Maharashtra. 
As principais religiões presentes na cidade são o hinduísmo (68% da população), o islamismo (17%), o cristianismo e o budismo (4% cada).
Há ainda parses, Jainistas, siques, judeus e ateístas.
Taj Mahal Hotel e a Porta da Índia
 A língua mais ouvida nas ruas da cidade é uma variante coloquial de híndi chamada Bambaiya, que mistura híndi, marata, inglês e algumas palavras próprias. O marata é amplamente falado e é também o idioma oficial do estado de Maharashtra.

Centro financeiro da Índia
Centro financeiro da Índia
O inglês é tabém é uma língua quase oficial pois  é a principal língua nas empresas e escritórios locais. Outras línguas indianas são faladas: tâmil, guzerati, télugo, canará, concani e urdu.


 Bombaim sofre com os mesmos problemas de urbanização que afligem outras cidades de crescimento rápido em países em desenvolvimento: pobreza generalizada e padrões precários de saúde, emprego e educação.
andando pela cidade
Segundo a revista Business Week, cerca de 45 a 48% da população municipal vivem em favelas, como  Dharavi, uma das maiores favelas da Ásia, com cerca de 1 milhão de pessoas, está localizada no centro de Mumbai  e foi cenário do filme “Como se tornar um milionário“.



A taxa de alfabetização de Bombaim ultrapassa 86%, maior que a média nacional. Mumbai, apesar dos contrastes, característica de todas as cidades indianas,  não é deprimente, pelo contrario, apesar do caos  de suas ruas, do exagero de todos os pecados urbanos, a sensação geral e de que tudo esta no seu lugar certo.
Belíssimos arranha céu, ruas asfaltadas e casas simples e favelas, com  ruas sem pavimentação; carros modernos convivendo com riquixás e vacas sagradas , tudo isso na mais perfeita harmonia, por incrível que nos pareça. Isso é a Índia.


Taj Mahal Hotel

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: