Cristo é mais real que todos os nossos medos. Christ is more real than all our fears .

Cristo é mais real que todos os nossos medos.
Pegue tudo que te disseram.
Amarre a tudo que você conhece.
Busque em tua memória cada cena, cada palavra, cada sopro
Cada imagem perdida
Cada sentimento, cada angustia e toda dor.
Rebusque suas conclusões
Tome nas mãso nuas todas as dúvidas e questionamentos
Todas as perguntas não respondidas
que te queimam  a alma e moldaram teu caráter.
Mostre as feridas causadas pelos próprios pensamentos
Mostre a indignação com os contrastes
Com o silencio e com as aberrações
Some a dor dos dias e a injustiça da morte
Junte aos cadáveres das sepulturas e
aos gritos dos condenados
Traga as imagens de desespero, de luto, de enfermidade
De desesperança e desolação
Ate tudo isso a perversidade humana
Ao conselho dos hipócritas
As desigualdades todas
mas não pare ai
Invoque teus fantasmas do passado
Junto aos espectros que te assombram a alma
Deixe que as vozes que habitam tua essencia dividida
Se manifestem juntas
Num coro de suprema loucura
Venha com todo teu ódio
Toda essa tua rejeição
E some isso a incapacidade
De permanecer criança
Eu diria que ainda é pouco
O que você enfrenta é CRISTO
E toda sua tremenda esperança
O que você confronta
É Deus em forma de gente
Nem a morte e nem o inferno
Ousariam enfrentá-lo
Uma segunda vez
Vem então com tuas canções de desespero
E ousa cre-lo
Ousa tocar nele
Vem com toda tua agonia
Vem com tudo, trás teus pecados
Trás tuas falhas e tuas desculpas
Mas ouse tocá-lo
Ouse crer
Ouse
Somente ouse
E você verá
Porque a morte ainda chora
quando ouve seu nome
ainda que
sussurrado.

Christ is more real than all our fears .
Take everything you said .
Tie everything you know .
Search your memory in every scene, every word , every breath
Look up each image lost
Search all feeling , all sorrow and all pain .
Refine your findings
Take the bare hands all your doubts and your questionings
Along with all the unanswered questions to you
Questions that burn your soul and that shaped your character .
Then show your wounds caused by your own thoughts
Show me your indignation contrasts with all the world
this the silence and all the aberrations of life
Add to that the bad days of pain and injustice of death
join this with the corpses from the graves
the cries of the damned
Bring me the images of despair , grief , infirmity
Images of hopelessness and desolation
Tie it all to human perversity
The board of hypocrites
all inequalities
But , do not stop it.
Invoke your ghosts from your past
Along the specters that haunt the soul
Let the voices that inhabit this your essence divided
Manifest your internal voices of pain
A chorus of supreme folly
Come with all your hatred
With all thy rejection
And add to that the inability
to remain a child
I would say that is still little
What you face is CHRIST
And all his tremendous hope
What you confront
It is God in human form
Neither death nor hell
Dare face him
A second time
So come with your songs of despair
And dare believe it
Dare to touch him
Comes with all thy agony
Comes with everything you have, and also behind your sins
Brings your failures and your apology
But you dare touch him !
Dare to believe !
Dare !
only if you dare
And you’ll see .
Because death still cries
when he hears his name
even if
being whispered .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: