Sobre os ganhadores do premio IgNobel

O IgNobel é uma premiação anual que destaca as mais estranhas (e inúteis) pesquisas levadas a seu termo pelo ser humano, desde 1991.

Aqui vai o exemplo de alguns ganhadores:

1991

Economia: Michael Robert Milken , titã de Wall Street  e pai do Junk Bond , pelo trabalho “a quem o mundo está em débito”.

Pesquisa Interdisciplinar: Josiah Carberry, professor fictício da Universidade Brown , “explorador e eclético buscador da verdade , por seu trabalho pioneiro em psicocerâmica, o estudo de vasos quebrados.” Este prêmio apócrifo não é reconhecido pelos organizadores do IgNobel.

1992

Arqueologia – Eclaireurs de France , grupo de escoteiros, removedores de graffiti , por apagarem as antigas pinturas rupestres das paredes da gruta de Mayrière supérieure , perto da aldeia francesa deBruniquel , pensando que eram “pichações”.


1993

Psicologia: John Edward Mack  da Escola de Medicina de Harvard e David M. Jacobs  da Universidade Temple , pela sua conclusão de que as pessoas que acreditam terem sido raptadas por extraterrestres provalvelmente foram-no — e especialmente pela sua conclusão “o objectivo do rapto é a produção de filhos”.

Paz: Pepsi-Cola das Filipinas, fornecedores de sonhos e esperanças açucaradas, por patrocinarem um concurso para criar um milionário, e depois anunciarem o número vencedor errado, conseguindo assim incitar e unir 800.000 possíveis vencedores, e unindo facções inimigas pela primeira vez na história da sua nação.

Matemática: Robert Faid, de Greenville, Carolina do Sul, por calcular a exata probabilidade de Gorbatchev  ser o anticristo , 710,609,175,188,282,000 para 1.


1994

Biologia: W. Brian Sweeney, Brian Krafte-Jacobs, Jeffrey W. Britton, e Wayne Hansen, pelo seu estudo “O Soldado com prisão-de-ventre: Prevalência sobre as Tropas Mobilizadas” (The Constipated Serviceman: Prevalence Among Deployed US Troops), e especialmente pela análise numérica da frequência de movimentos intestinais.

Medicina – Este prémio é atribuído em duas partes. Primeiro, ao Paciente X, anteriormente dos Fuzileiros dos EUA (US Marine Corps ), vítima valente duma mordidela venenosa pela sua cascavel de estimação, pelo seu uso determinado de terapia de choques eléctricos. A seu pedido, cabos de ignição de automóvel foram ligados ao seu lábio, e o motor do carro ligado a 3000 rpm durante cinco minutos. Segundo, aos Dr. Richard C. Dart do Centro de Venenos das Montanhas Rochosas (Rocky Mountain Poison Center) e Dr. Richard A. Gustafson do Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Arizona , pelo seu bem fundamentado relatório médico “Falha de Tratamento de Choques Eléctricos para Envenenamentos por Cascavel” (Failure of Electric Shock Treatment for Rattlesnake Envenomation).

 

1995

Psicologia – Shigeru Watanabe, Junko Sakamoto, e Masumi Wakita, da Universidade de Keio, Japão, (Keio University ), pelo seu sucesso no treino de pombos para distinguirem entre pinturas de Picasso  eMonet .

1996

Biologia – Anders Barheim e Hogne Sandvik da Universidade de Bergen , Noruega , por seu estudo, “Efeito da Cerveja, Alho e Creme Azedo sobre o Apetite das Sanguessugas” (Effect of Ale, Garlic, and Soured Cream on the Appetite of Leeches).

Medicina – James Johnston da R.J. Reynolds , Joseph Taddeo  da U.S. Tobacco , Andrew Tisch  daLorillard , William Campbell  of Philip Morris , Edward A. Horrigan  da Liggett Group , Donald S. Johnston  daAmerican Tobacco Company , da Thomas E. Sandefur, Jr. , presidente da Brown and Williamson Tobacco Company , por sua inabalável descoberta, ao testificar ao Congresso  que a nicotina  não vicia.

Paz – Jacques Chirac , presidente da França , por comemorar o quinquagésimo aniversário do bombardeamento de Hiroshima  com testes nucleares no Pacífico .


1997

Entomologia – Dado para Mark Hostetler da Universidade da Flórida, pelo seu livro, That Gunk on Your Car que identifica os diferentes insetos  que se esmagam contra
o vidro do seu carro  durante uma viagem.

1998

Engenharia de Segurança – Concedido a Troy Hurtubise , de North Bay, Ontario , por desenvolver e testar pessoalmente uma roupa que é à prova de urso pardos .

Biologia – Concedido a Peter Fong do Gettysburg College , Gettysburg, Pennsylvania , por contribuir para a felicidade de mexilhões  dando-lhes Prozac .

Física – Concedido a Deepak Chopra  do The Chopra Center for Well Being, La Jolla, California , por sua interpretação única de física quântica em aplicações para a vida, liberdade, e a busca pela felicidade econômica.

1999

Paz – Concedido a Charl Fourie e Michelle Wong de Joanesburgo , África do Sul , por inventar o Blaster , um alarme antiroubo para carros que consiste num circuito detector e num lança-chamas .

Cuidados Médicos – Concedido aos falecidos George Blonsky e Charlotte Blonsky de Nova Iorque  eSan Jose (Califórnia) , por inventar um dispositivo para ajudar mulheres durante o parto — a mulher é amarrada em uma mesa circular e então a mesa é girada em alta velocidade.1

2000

Física – Concedido a Andre Geim  da University of Nijmegen , da Holanda, e Sir Michael Berry da Universidade de Bristol , Inglaterra, por usar ímãs para levitar um sapo.

Economia – Para o Reverendo Sun Myung Moon , por trazer eficiência e crescimento à indústria dos casamentos em massa: 36 casais em um evento de 1960, 430 em 1968, 1800 em 1975, 6000 em 1982, 30,000 em 1992, 360,000 em 1995, e 36,000,000 em 1997.

Ciências da Computação – Para Chris Niswander de Tucson , por inventar PawSense , software que detecta se um gato  passa por cima de um teclado de computador .
2001

Tecnologia – Para John Keogh da Austrália, por patentear  a roda  em 2001, e para o Australian Patent Office por lhe conceder a Innovation Patent #2001100012.

Saúde Pública – Para Chittaranjan Andrade e B.S. Srihari do National Institute of Mental Health and Neurosciences, Bangalore , Índia , pela decoberta de que a rinotilexomania  (colocar dedos no nariz para retirar muco) é uma actividade comum entre os adolescentes .
2002

Matemática – Para K.P. Sreekumar e o falecido G. Nirmalan da Kerala Agricultural University, Índia, pelo seu relatório analítico “Estimation of the Total Surface Area in Indian Elephants.” (Estimativa da Área de Superfície dos Elefantes Indianos “)


Higiene – Eduardo Segura, Espanha  pela invenção da Lavakan de Aste , uma máquina de lavar  cães e gatos.


2003

Engenharia – Laureado John Paul Stapp , o falecido Edward A. Murphy, Jr. , e George Nichols, por terem criado em 1949 a Lei de Murphy , um princípio lei básico da engenharia onde “Se existem mais de duas maneiras de fazer alguma coisa e uma dessas maneiras pode resultar em uma catástrofe, alguém irá optar por essa” ou em outras palavras “Se algo pode dar errado, dará errado”.

Física – Concedido a Jack Harvey, John Culveno, Warren Payne, Steve Cowle, Michael Lawrance, David Stuart e Robyn Williams da Australia, por seu relatório irresistível “An Analysis of the Forces Required to Drag Sheep over Various Surfaces.”(Uma análise das forças necessárias para se arrastar uma ovelha sobre várias superfícies).

Paz – Lal Bihari , de Uttar Pradesh , Índia , por um feito triplo: Primeiro, ter uma vida ativa estando declarado legalmente morto; segundo, organizar uma campanha póstuma contra burocracia e parentes gananciosos; e terceiro, criar a Associação dos Mortos . Lal Bihari superou o problema de estar morto, e conseguiu um passaporte do governo indiano para viajar até Harvard e aceitar o prémio, porém o governo americano recusou a aceitá-lo no país. Seu amigo Madhu Kapoor foi até a cerimônia do Ig Nobel e aceitou o prêmio em seu lugar. Semanas depois, o prêmio foi dado ao próprio Lal Bihari em uma cerimônia especial na Índia.
2004

Medicina – Steven Stack da Wayne State University , Detroit, Michigan , e James Gundlach da Auburn University , Auburn, Alabama , pela pesquisa “The Effect of Country Music on Suicide” (“O Efeito Da Música Country No Suicídio”)

Física – Ramesh Balasubramaniam da University of Ottawa , Michael Turvey da University of Connecticut  e Haskins Laboratory, por explorar e explicar a dinâmica do bambolê .

Psicologia – Daniel Simons da University of Illinois at Urbana-Champaign  e Christopher Chabris of Harvard University , por demonstrar que quando pessoas se concentram em algo, é fácil não perceber qualquer outra coisa — mesmo uma mulher vestida de gorila.

Paz – Daisuke Inoue  de Hyogo Prefecture , Japão, por inventar o karaoke , através disso oferecendo uma maneira inteiramente nova de as pessoas aprenderem a tolerar umas às outras.

2005

Paz: Claire Rind e Peter Simmons, da University of Newcastle , Reino Unido , pelo monitoramento elétrico da atividade cerebral de uma lagosta , enquanto ela assistia a uma seleção dos melhores momentos de “Guerra nas Estrelas “.

Biologia: Benjamin Smith, das Universidade de Adelaide , Austrália  e Universidade de Toronto , Canadá ; a companhia de perfumes Firmenich, Genebra , Suíça ; ChemComm Enterprises, Archamps, França ; Craig Williams, das James Cook University  e Universidade da Austrália Meridional ; Michael Tyler, da University of Adelaide ; Brian Williams, da University of Adelaide; e Yoji Hayasaka, da Australian Wine Research Institute; por dolorosamente cheirarem e catalogarem os odores peculiares de 131 diferentes espécies de sapos, quando os sapos estavam estressados.

Dinâmica de Fluidos: Victor Benno Meyer-Rochow, das International University Bremen, Alemanha  eUniversidade de Oulu , Finlândia; e Jozsef Gal, da Loránd Eötvös University , Hungria, por usarem princípios básicos da física para calcular a pressão interna nos pinguins , conforme relatado em: “Pressures Produced When Penguins Pooh — Calculations on Avian Defaecation” (A pressão produzida quando os pinguins defecam — cálculos em defecação avícola).


2006

Acústica: D. Lynn Halpern , de Harvard Vanguard Medical Associates, a Universidade de Brandeis , aNorthwestern University , Randolph Blake , das Universidade Vanderbilt  e Northwestern University  e James Hillenbrand , das Western Michigan University  e Northwestern University, por conduzirem experimentos para descobrir porque as pessoas não gostam do som de unhas riscando um quadro-negro.

Paz: Howard Stapleton , de Merthyr Tydfil , País de Gales , por inventar um repelente eletromecânico de adolescentes: um aparelho que emite sons agudos desagradáveis, ouvidos por adolescentes, mas não por adultos; posteriormente utilizado em toques de telefone celular  audíveis aos adolescentes, mas não a seus professores (também ficou conhecido como “O Mosquito “).

2007

Linguística: Juan Manuel Toro, Josep B. Trobalon e Nuria Sebastian-Galles, por descobrirem que ratos não podem distinguir entre gravações em japonês e holandês, quando são tocadas de trás para frente.

Medicina: Dan Meyer e Brian Witcombe, por investigarem os efeitos colaterais de engolir espadas.

Paz: O Laboratório Wright, da Força Aérea dos Estados Unidos , em Dayton , Ohio , por sugerir a pesquisa e o desenvolvimento de uma “bomba gay“, que poderia fazer com que as tropas inimigas se tornassem sexualmente atraídos uns pelos outros.

2008

Arqueologia: Astolfo Gomes de Mello Araújo8  e José Carlos Marcelino, por demonstrarem que os tatus podem misturar os vestígios em um sítio arqueológico .9  10  11

Biologia: Marie-Christine Cadiergues, Christel Joubert e Michel Franc, pela descoberta de que as pulgas que vivem nos cães pulam mais alto do que as que vivem nos gatos.12

Química: Sheree Umpierre, Joseph Hill e Deborah Anderson, por constatarem que a Coca-Cola  é um espermicida  eficiente,13  e C.Y. Hong, C.C. Shieh, P. Wu e B.N. Chiang por provarem o contrário.

Paz: O Comitê Federal Suíço de Ética em Biotecnologia Não-humana e os cidadãos suíços, por adotarem o princípio legal de que as plantas têm dignidade.

2009

Medicina veterinária: aos pesquisadores Catherine Douglas e Peter Rowlinson da Universidade de Newcastle , no Reino Unido, por provarem que vacas que possuem nomes dão mais leite que aquelas não “batizadas” por seus donos.

Física: à equipe da Universidade de Cincinnati , Estados Unidos, que analiticamente determinou porque as mulheres grávidas não tombam com o peso da barriga.

Literatura: à polícia da Irlanda, por escrever e apresentar mais de 50 multas de trânsito ao cidadão do país que mais comete infrações ao volante – Prawo Jazdy, cujo nome, em polonês, significa “carteira de motorista”.

2010

Paz: Richard Stephens, John Atkins, e Andrew Kingston da Universidade de Keele , Reino Unido, por confirmarem a informação de que os palavrões  aliviam a dor.

2011

Química: Makoto Imai, Naoki Urushihata, Hideki Tanemura, Yukinobu Tajima, Hideaki Goto, Koichiro Mizoguchi e Junichi Murakami, do Japão, por determinar a densidade ideal de wasabi  suspensa no ar para acordar pessoas em caso de incêndio ou outras emergências, e por aplicar este conhecimento na criação de um alarme wasabi 

Psicologia: Karl Halvor Teigen, da Universidade de Oslo , por escrever um estudo onde tenta entender por que as pessoas suspiram.
 

Matemática: Dorothy Martin (que previu o fim do mundo em 1954), Pat Robertson (que previu o fim do mundo em 1982), Elizabeth Clare Prophet (que previu o fim do mundo em 1990), Lee Jang Rim (que previu o fim do mundo em 1992), Credonia Mwerinde (que previu o fim do mundo em 1999), e Harold Camping  (que previu o fim do mundo em 6 de Setembro de 1994 e depois para 21 de Outubro de 2011), por ensinar ao mundo que devemos ser cuidadosos ao fazer suposições e cálculos matemáticos.

Paz: Arturas Zuokas, prefeito de Vilnius , Lituânia , por demonstrar que o problema do estacionamento proibido de carros de luxo pode ser resolvido passando-se um tanque de guerra por cima do veículo.

2012

Psicologia: Anita Eerland, Rolf Zwaan, and Tulio Guadalupe pelo estudo “Leaning to the Left Makes the Eiffel Tower Seem Smaller”. (Virar a cabeça para a esquerda faz a Torre Eiffel  parecer menor)

Neurociência: Craig Bennett, Abigail Baird, Michael Miller e George Wolford, por demonstrar que neurocientistas, usando instrumentos complicados e estatísticas simples, podem ver a atividade cerebral significativa em qualquer lugar – mesmo em um salmão  morto.47

Anatomia: Frans de Waal e Jennifer Pokorny, por descobrir que chimpanzés podem reconhecer outros chimpanzés individualmente olhando a foto da bunda deles.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: