Convite

Apocalipse 22:17 
O Espírito e a noiva dizem: “Vem!” E todo aquele que ouvir diga: “Vem!” Quem tiver sede venha; e quem quiser beba de graça da água da vida. 
Há uma coisa misteriosa acontecendo na terra. Um convite que teve inicio antes que o primeiro ser humano nascesse. Em algum momento da história de todos os universos haverá uma celebração que já foi marcada para ocorrer antes dos primeiros raios de sol tocarem as folhas das primeiras árvores do primeiro jardim.
Essa celebração é tão certa quanto a maior de todas as certezas e representa ao mesmo tempo a maior de todas as profeciais.
Seja pela grandeza do evento, pelo que ele significa, seja por sua incomparável beleza, sua transcendencia, ou pelos convidados que lá estarão.
Profetas anunciaram guerras, destruições, em alguns momentos, triunfos gloriosos e mesmo  ressurreições.
Mas no cerne de toda a revelação divina dada ao homem e dada aos anjos há o tal do absoluto convite a mais absurda de todas as celebrações.
Essa celebração onde a própria Vida haverá de dançar e talvez, não tenho certeza
o próprio Deus Vivo haverá de cantar.
Sei que os anjos dela ouviram falar e toda a criação a aguarda ansiosa
Há algo acontecendo na escuridão que envolve os mistérios da existencia, há um turbilhão de coisas sendo realizadas e mesmo que todo o universo desistisse de existir,
tal evento não deixaria de ocorrer.
A mais sublime das algazarras, a mais gloriosa das danças jamais realizadas, onde a vida gritará tão plena de alegria como as moças indianas quando representam o amor nos filmes indianos e quando mostram sua alegria exuberante ao sentirem-se amadas.
Tão sublime e tão maravilhosa será tal celebração que Deus enviou seu Espírito que agora preenche toda a terra e permeia cada vila, cada cidade, cada canto escuro, cada pedaço de chão inóspito percorrendo almas e convocando gente de toda a terra
para deste momento que coroa toda revelação,
participar.
Tão sublime e tão aguardado é esse momento que Deus comissionou sua noiva, composta de gente de todas as tribos, raças e nações, que como uma menina apaixonada correu na direção do Evangelho e abraçou a fé em Cristo justamente como uma noiva abraça ao noivo que retorna da guerra, vivo,
Para em conjunto com seu coração, sua essencia e sua emoção
anunciar:
 O Espírito e a noiva dizem: “Vem!” E todo aquele que ouvir diga: “Vem!” Quem tiver sede venha; e quem quiser beba de graça da água da vida. 



 There is a mysterious thing happening on earth. An invitation that began before the first human was born. At some point in the history of all the universes there will a celebration that was scheduled to take place before the first rays of the sun touch the leaves of the first trees of the garden first.

This celebration is as certain as the greatest of all the certainties and represents both the greatest of all profeciais.

Is the grandeur of the event, by which he means, either by its incomparable beauty, its transcendence, or the guests who will be there.

Prophets foretold wars, destructions, in some moments, and glorious triumphs even resurrections.

But over and above all divine revelations given to men or angels is given to the absolute call for the most impressive of all the celebrations.

This incredible celebration where Life itself where there will be dancing and maybe, not sure, God himself will be singing live.

I know that the angels heard about her and the whole creation waits with eager longing

There is something going on in the darkness that surrounds the mysteries of existence. There is a whirlwind of things being done right now, and even if the whole universe desist of exist, such an event would still occur.

It will be the most sublime uproar, which will be presented the most glorious of dances performed, where the life, so full of joy, will scream like girls of India  when represent love in Indian films or when they show their exuberant joy to feel loved.

So sublime and wonderful is this celebration that God sent his Spirit who now fills the whole earth and permeates every village, every town, every dark corner, every piece of land inhospitable inviting souls and calling people of the whole earth, to participate in this moment Crowning all revelation,

So sublime and awaited this moment is that God commissioned his bride, made up of people of all tribes, races and nations, which as a passionate girl ran toward the Gospel and embraced faith in Christ just as a bride embraces the groom that returns from war, alive,

To jointly with your heart, your essence and your emotion
announce:

 The Spirit and the bride say, “Come!” And let him who hears say, “Come!” Whoever is thirsty come, and whoever wishes let him take the water of life free.

Welington

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: