Uma dica aos pregadores – Aa hint to preachers.

Parte da obra musical da humanidade, ainda que intocada pelo Evangelho, seja na cultura indiana, sejam antigas canções tradicionais celtas, ou uma pequena canção de aguadeiro 

(algumas regiões do mundo da antiguidade tinham vendedores de água, eles retiravam águas dos poços e carregavam em jarros de barro grandes para venderem…tem pelo menos três canções de aguadeiros na Palavra Escrita…

Uma em Juízes, Uma em João e outra em Apocalipse. A de Apocalipse é: Quem tem sede, Venha! Em João, Aquele que tem sede venha a mim e beba!
As Escrituras são formadas as vezes por provérbios egípcios, outras por cantos de guerra, outro momento, por um bordão gritado num mercado árabe: Nada vale! Nada vale! Diz o comprador…
O Espírito Santo não pediu copyright dos autores…simplesmente colocou as mesmas frases pronunciadas há séculos nas bocas dos profetas concedendo a elas caráter profético…tomando-as emprestadas, expressavam o que o coração de Deus queria dizer e tornaram-se a posterior parte integrante das Profecias. Simples assim. Quanto mais você conhecer das Escrituras, mais você conhecerá fora dela aquilo que apesar de não estar incluso nela, foi inspirado pelo mesmo Autor…
Isso é importantissimo para que o PREGADOR do EVANGELHO alcance as gerações atuais, para que ele CONTEXTUALIZE a Palavra Escrita. Para que o evangelista alcance pessoas que não conhecem as Escrituras, devem entrar em seu universo de canções, histórias, no seu arcabouço literário, no seu imaginário fruto de filmes, peças de teatro, noticias de jornais. E só o farão os que entenderem PROFUNDAMENTE as Escrituras

Part of the musical work of humanity, yet untouched by the Gospel, be in Indian culture, be in  traditional Celtic songs very old, be a little song  of Waterbearer (some regions of the world of antiquity had water vendors, they withdrew water from wells and carry on large clay jars to sell … has at least three songs in aguadeiros Written Word …
One in book of Judges A and another in  the book of apostle John and finally in the book of Revelation.
In the book of Revelation the text is:  Who thirsts, Come! In John, who thirsts come to me and drink!
The Scriptures are sometimes formed by Egyptian proverbs, others formed by war songs, another time formed by a shouted in Arab market:

nothing worth! Nothing  worth! Says the buyer …

The Holy Spirit did not ask copyright of authors … just put the same phrases spoken for centuries in the mouths of the prophets by giving them prophetic character … taking the loan, expressed what the heart of God meant and became the posterior part of the Prophecies. Simple as that. The more you know the Scriptures, the more you know what out of it despite not being included in it, was inspired by the same author …
This is important so that the GOSPEL PREACHER reach current generations, so it contextualize the Written Word.

For the evangelist reach people who do not know the Scriptures, must enter in their universe of songs, stories in his literary framework, the fruit of his imagination movies, plays, news newspaper. And only those who understand the Scriptures deeply  can do it

.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: