O motivo – The reason

O motivo

Sobre a revelação divina
Um profeta é antes de tudo uma criança. E deve assim viver.
E se tudo correr bem, assim também morrer.   
Existe uma ordem nas coisas espirituais. Uma ordem no exercício dos dons espirituais. Mas sobretudo, um motivo.
Sim um motivo. Por que existem revelações, profecias, sonhos, visões?
O que significam, acima de tudo, o que representam para o corpo de Cristo e porque nelas este corpo deve se exercitar?
Deus é pai. Um pai amoroso. Não está preocupado consigo mesmo. Com seu nome. Com sua honra.  O objeto do amor do Pai é a humanidade, toda ela. Humanidade da qual separou para si um grupo que lhe agrada, que dele se aproxima, que o ama, que o respeita, que o dignifica. O amor dEle pertence a todos. Derramado abundantemente sobre toda a terra e sobre todo homem. 
Mas, deste amor só aproveitam os que o aceitam, o recebem, a anseiam, dele se nutrem, nele vivem.

Os filhos não vivem para si mesmos, os que rejeitam esse amor abraçam a outros valores. Rejeitar ao modelo de vida idealizado para o ser humano o torna uma paródia de si mesmo. Uma sombra. A impiedade, a desonestidade, a crueldade, a intolerância, o desrespeito, são todos frutos de uma conduta que rejeita a uma proposta de vida baseada em valores maiores, valores melhores. 
Existe uma excelência de vida. 
Ou uma vida excelente. 
E Deus através de seu Espírito quer nos guiar para que possamos usufruir dessa qualidade de vida. Desfrutando de todo bem, de todo amor, de toda ajuda, de toda lei divina e de todos os recursos além de nossa imaginação pra que possamos ser plenos, mentalmente, fisicamente, espiritualmente.

Porém para viver tal plenitude de vida espiritual haverá uma tremenda resistência em virtude de um mundo desestabilizado emocional e espiritualmente. Vivemos em meio a hostilidade da inimizade humana manifesta em exploração econômica, injustiças sociais, num mundo de incessantes angustias, terrores, medos e situações espirituais dolorosas como a enfermidade e até mesmo a morte. 
Não podemos viver ou alcançar tal patamar de vida plena sem sermos guiados por Deus.
Os dons espirituais são um recurso de graça para nos edificar, fortalecer, proteger, transformar.
E eles são dados, concedidos, manifestos pelo motivo.
Sim um motivo.
Toda ministério, todo serviço, toda obra que ousa se considerar espiritual é genuína ou não, aprovada ou não, amadurecida ou não, se tornando cada dia mais de acordo com o sonho de Deus, ou tornando-se uma brincadeira de mal-gosto, uma pedaço de coisa alguma, se corresponde inteiramente ao Motivo.
Sim ao Motivo.
Toda a Autoridade Espiritual se baseia nisso. Toda profecia, todo futuro ministerial depende disso.
Nenhuma revelação possuirá valor algum, não importa quem um dia tenha exercido, nem se tenha visto o invisível ou falado face a face com Cristo umas duas mil vezes, ou tenha sido arrebatado umas doze vezes, ou veja anjos todos os dias.
Se não entender o Motivo.
O Motivo das revelações, sonhos, revelações, profeciais é tornar o ser humano semelhante a Cristo.
Amoroso. Extraordinariamente feliz. Cheio do Espírito Santo. Sábio. Bendito. Verdadeiro. Fiel. Bondoso. Consolador. Que ama e anseia realizar a vontade do Pai. Consciente de sua posição em Deus. Conscientede seus direitos através do Espírito de Deus.

E se isso não está ocorrendo com aqueles que exercem os dons espirituais?
Eles perderam a viagem. Porque desprezaram o motivo.
É o amor divino que move suas mãos, seus anjos, é por paixão pelo ser humano que sua Voz é ouvida. É para alegria de seus amados que ele se derrama, que ele se manifesta, que ele unge, que ele opera sinais, prodígios e maravilhas.
É para a salvação, para a plenitude, para a alegria plena, que os dons nos chamam.
Se você tem sido convocado para uma região de medo, se o poder que dizem ter ou se a extraordinária revelação proclamada pelo Pai, confirmada por Cristo, Trazida por Anjos e manifesta pelo Espírito não acrescenta Vida à sua vida, então saiba que tal profecia e tal revelação não foram acompanhadas de ninguém,
Ela é só um sonho disforme de um coração amargurado.
De um profeta que não entendeu
Que antes de tudo era uma criança.
E que assim devia ter vivido.
E assim deveria morrer.

The reasonSpeaking of divine revelationA prophet is first and foremost a child. And so should live.And if all goes well, so die.There is an order to things spiritual. An order in the exercise of spiritual gifts. But above all, a reason.Yes a reason. Why there are revelations, prophecies, dreams, visions?What is meant, above all, what they represent to the body of Christ in them and because this body must work out?God is father. A loving father. Is not concerned with himself.  With his name. With his honor. 





The object of the Father’s love is humanity, all of it. Among mankind He separated himself a group that pleases him, approaching him, she loves him, that respect, that dignifies.His love belongs to everyone and is shed abroad over all the earth and over every man.But this advantage only love those who accept it, receive it, to crave, they feed it, live in it. The true children do not live for themselves. The others who reject this love, embrace other values. Reject the idealized model of life for the human being becomes a parody of itself. A shadow. The wickedness, dishonesty, cruelty, intolerance, disrespect, are all fruits of conduct that rejects a proposal based life values ​​higher on better values.A life of excellence there.Or an excellent life.And God through his Spirit wants to guide us so that we can enjoy this quality of life. To enjoy all the good, all the love, all the help, all divine law and all resources beyond our imagination that we may be filled, mentally, physically, spiritually.But to live such fullness of spiritual life will be tremendous resistance by virtue of a world destabilized emotionally and spiritually. We live amid hostility from human enmity manifested in economic exploitation, social injustice, a world of endless anxieties, terrors, fears and spiritual situations as painful illness and even death.We can not live or achieve such a level of full life without being guided by God.Spiritual gifts are a feature of grace to build, strengthen, protect, process.And they are given, granted, by reason manifestos.



Yes a reason.Every ministry, every service, every work that dares to consider spiritual is genuine or not, or not approved, matured or not, becoming every day more in line with God’s dream, or becoming a joke in bad taste, a piece of anything, whether it corresponds entirely to the excellent reason.
Yes the supreme reason.
Every Spiritual Authority relies on it. 
All prophecy, all ministerial future, depends on it.
No revelation possess some value, no matter who’s ever exercised, or has seen the unseen or spoken face to face with Christ some two thousand times, or has been caught a dozen times, or see angels every day, if you do not understand the reason.

The Reason of the revelations, dreams, revelations, profeciais is to make the human being like Christ.
Beloved. Extraordinarily happy. Filled with the Holy Spirit. Wise. Blessed. True. Faithful. Kind. Comforter. Who loves and longs to fulfill the will of the Father is aware of its position in God. Aware of their rights through the Spirit of God.And if that is not happening with those who exercise spiritual gifts?They missed the trip. Because the reason despised.It is the divine love that moves his hands, his angels, is a passion for the human being that their voice is heard. It is joy to his beloved that he pours, he manifests, he anoints, he works signs and wonders and wonders.It is for salvation to fulfillment, for full joy, that the gifts call us.If you have been summoned to a region of fear if they say they have the power or the extraordinary revelation “divine” Life does not add to your life, then know that this prophecy and such disclosure is not divine.She is just a dream of a deformed heart bitter.The prophet who did not understandThat first of all he was a child.And so they should have lived.And so should die.
Welington José Ferreira

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: