Carma ou Karma


Carma ou karma(do sânscritoकर्म, transl.Karmam, e em pali, Kamma, “ação”) é um termo de uso religioso dentro das doutrinas budista, hinduísta, jainista e sikhista, adotado posteriormente também pela Teosofia, pelo espiritismoe por um subgrupo significativo do movimento New Age, para expressar um conjunto de ações dos homens e suas consequências. Este termo, na física, é equivalente a lei: “Para toda ação existe uma reação de força equivalente em sentido contrário”. Neste caso, para toda ação tomada pelo Homem ele pode esperar uma reação. Se praticou o mal então receberá de volta um mal em intensidade equivalente ao mal causado. Se praticou o bem então receberá de volta um bem em intensidade equivalente ao bem causado. Dependendo da doutrina e dos dogmas da religião discutida, este termo pode parecer diferente, porém sua essência sempre foca as ações e suas consequências. Vale a pena lembrar que o termo Karma (Carma)diz respeito ao Hinduísmo, Budismo e sistemas de pensamentos originários na Índia. Qualquer outra reconceituação feita por outros sistemas de pensamento (por ex: teosofia, esoterismo, espiritismo etc) pode estar conduzindo a um equivoco do termo original. Fonte Wikipedia.
O esoterismo extrapola o conceito:
“Todos nós, na nossa actual existência, estamos recolhendo aquilo que semeamos nas nossas vidas passadas e, ao mesmo tempo, estamos semeando aquilo que recolheremos na nossa próxima existência. Nunca entendemos isto, e é assim como a humanidade não poderá escapar a esta cadeia de consequências, já que quase nunca sabemos o porquê dos nossos sofrimentos. Quando uma pessoa semeia desgraças, provocando dano aos demais, na realidade isso mesmo virá a recolher. Essa é a lei do Karma.
A lei do Karma é aquela lei que ajusta, sábia e inteligentemente, o efeito a sua causa. Todo o bem ou mal que tenhamos feito numa vida virá trazer-nos consequências boas ou más para esta vida ou próximas existências.” Repensando o conceito do Karma como uma lei universal e inviolável.
As Escrituras também citam a existência de uma lei de retribuição legada ao homem:
Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.
Gálatas 6:7-8
Que é o principio do karma original, uma leitura próxima ao significado e a aplicação do pensamento do termo em sanscrito. Dentro da consciência religiosa dos povos desde a antiguidade esse conceito é algo presente, estabelecendo o direito natural e o positivo, dando base as legislações e as relações sociais. Nosso direito e nossa constituição nos legam a ideia de preservar o direito alheio, do mesmo modo como outros tem esse dever. Caso não ocorra entra uma terceira instancia, o poder jurídico que retribuirá dentro de limites o mal cometido, agindo como guardião dos direitos de todos.
O conceito é de uma lei de retribuição. Que procede de uma justiça perfeita, justiça de Deus. Mas não é essa a lei que domina o universo. Há uma superior a todas as leis. Ninguém é escravo de seus feitos, nem réu eterno de suas obras. O conceito da Karma esotérico é de uma lei de punição que não conhece o significado do PERDÃO DIVINO. Mas o perdão é maior que a qualquer lei, porque o AMOR é maior que a LEI. E CRISTO estabelece a lei do amor de Deus pelas suas criaturas. Essa é a LEI de CRISTO. Que possui o PODER de PERDOAR os PECADOS COMETIDOS.

Celebração para a humanidade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 

Paulo a cita em uma de suas cartas
Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.
Gálatas 6:2

A lei do espírito da vida

Portanto, não existe mais condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus. A Lei do Espírito da vida em Cristo Jesus te libertou da lei do pecado e da morte. De fato — coisa impossível à Lei, porque enfraquecida pela carne — Deus, enviando o seu próprio Filho numa carne semelhante à do pecado e em vista do pecado, condenou o pecado na carne, a fim de que o preceito da Lei se cumprisse em nós que não vivemos segundo a carne, mas segundo o espírito. Com efeito, os que vivem segundo a carne desejam as coisas da carne, e os que vivem segundo o espírito, as coisas que são do espírito.Romanos 8:1-5
A lei que suplanta ou termina a obrigação do Karma é conhecida como Lei do espírito e Vida.
Perceba que o KARMA nos obrigaria a um universo de infinitas mortes porque teríamos que receber de algum modo todo MAL que porventura tivessemos realizado contra outrem. O KARMA é na verdade chamado nas ESCRITURAS como LEI DO PECADO E DA MORTE. O princípio da RETRIBUIÇÃO não tem como nos absolver. Porque nosso corpo está enfermo pelos desejos, pelas paixões, estamos contaminados pelo egoísmo, pela inimizade, pela cobiça, pelo medo. NENHUM homem poderia evitar-se de fazer o mal, não importa quão fortemente lutasse contra isso, não importa se se escondesse nas montanhas, se se afastasse da civilização, que vivesse uma vida de ermitão, que vivesse uma vida de celibato, que se dedique a contemplação. Porque nós erramos internamente, nós odiamos mesmo sem ter alguém para odiar. Nós sentimos e abrigamos pensamentos que são contrários aos pensamentos de Deus. Mesmo que esvaziemos a mente, porque essa tendencia ao erro habita nossos corpos. Nós chamamos isso de humanidade. O isolamento gera por sua vez outros pecados. Ninguém vive para si. Ninguém nasceu oara si mesmo. Ninguém. Quando um monge se afasta dos outros, se afastou de ALGUÉM que precisava dele. Nó erramos por não amarmos. Quando deixamos de fazer o bem que era possível e não fazemos. Porque fazemos parte de um mundo humano e somos parte uns dos outros. Se somente o principio da retribuição operasse e reinasse nessa terra, o nosso mundo seria uma morada de mortos. Hoje tudo que restaria do gênero humano seria um gigantesco cemitério. Então algo maravilhosíssimo aconteceu. Um menino nos nasceu e sobre seus ombros o principado. Ele, o príncipe da paz veio ao mundo e cheio do poder e do espírito de Deus caminhou de modo humano como nós, mas tendo o poder que a nenhum ser humano foi concedido. O de LEGISLAR para a eternidade. Jesus é maior que as leis e nele se cumprem todas as leis da criação. E através do seu tremendo amor e inimaginável poder que abrange a todas as coisas pode PERDOAR os erros outrora cometidos e assim realizar o IMPOSSIVEL.
Nos tornar JUSTOS diante de DEUS. Em JESUS a LEI do KARMA TERMINA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Essa é a tremenda mensagem do Evangelho, que minhas dividas passadas NELE são perdoadas!
Ele me amou e através dele DEUS me amou de tal maneira que sou CONVIDADO a conhece-lo para RECEBER de graça um DOM inefável. Porque JESUS possui esse DIREITO. Foi dado a ele.
O Pai me ama, porque eu dou a minha vida para retomá-la de novo. Ninguém tira a minha vida; eu a dou livremente. Tenho poder de dar a vida e tenho poder de retomá-la. Esse é o mandamento que recebi do meu Pai
Essa VIDA que Jesus concede aquele que nele crê o torna RENOVADO.
Se você pudesse tornar a nascer de novo, sem nunca ter pecado anteriormente. A LEI do KARMA seria ANULADA. Não teria como retribuir o mal que não foi realizado.
Esse segredo está presente no PODER que Jesus possui de DAR sua VIDA. E por fazer que possamos dela possamos participar. Esse é o significado da CEIA.
JESUS por sua vez, é o único ser humano ao qual o KARMA não tinha PODER. Porque ele nasceu e viveu sem JAMAIS cometer pecados. O homem sem pecados possui o poder de nos perdoar. E com isso nos APERFEIÇOAR.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: