Pedi, e dar-se-vos-á

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Mateus 7:7

Imagine um homem que fosse capaz de gerar as leis da física ou da quimica com um pronunciamento. Imagine alguém que pudesse alterar o modo como a matéria ou a energia funciona. Imagine alguém que pudesse gerar leis que definissem como a realidade espiritual funciona. Se pensarmos que nenhum homem é capaz de mudar as leis que atuam sobre o cosmos, por menor que seja, pensar nesse patamar de realizações é muito dificil. Nenhum cientista consegue estabelecer nenhuma nova lei no universo. A maior parte do tempo os pesquisadores se debruçam sobre o mistério das leis que nos cercam tentando perceber algo que ainda não percebem ou compreender uma pequena porção especifica de um conjunto de leis interligadas e interrelacionadas, do melhor modo que lhes for possivel. Trabalham sobre o que já está escrito na matemática das coisas, na fisica da energia, nas relações da quimica, nas leis da biologia. A ciencia busca conhecer princípios e leis estabelecidas desde que o universo existe, sem nada poder acrescentar e sem nada poder tirar. Um homem que pudesse gerar algo ou estabelecer uma realidade transcendente soaria como um ato de magia. Os homens buscaram o poder da magia para tentar controlar ou mudar o mundo ao seu redor. O cientista luta para encontrar leis dentro das leis que sustentam o universo que lhes possibilite controlar ao menos parte deste universo. Mas nenhum ser humano destes nascidos de mulher pode aumentar sequer a quantidade de fios de cabelo que possui, ou fazer com que um micróbio possa obedecer o som de sua voz. Não podemos gerar novas leis espirituais. Não podemos porque tais leis não pertencem a nós. Não foram criadas por nós. Nem para nós. Antes para Deus. Até que uma lei desconhecida pelo ser humano foi manifesta ao homem, através de um homem, cuja autoridade o distingue de todos os demais seres humanos da terra. Homem esse conhecido através de uma maravilhosa revelação que nós denominamos de evangelho.

E esse homem único, nós conhecemos como Jesus Cristo. E a tal lei revelada nós chamamos de fé.

Este evangelho anuncia algumas coisas assombrosas. E Jesus estabelece entre nós e Deus uma nova relação. A fé é um segredo guardado por séculos, um mistério que sempre existu. Ela se origina no coração de Deus e faz parte de tudo desde suas primeiras obras. Não é algo novo que Cristo anuncia. É algo desconhecido.  Provado pelos profetas de Deus, conhecido pelos corações dos intercessores e mulheres de oração que viveram na antiguidade, e agora declarado como dádiva, como dom, como lei espiritual para toda a humanidade que nele crer.  Jesus desvenda um plano que se inicia antes que o primeiro profeta declare a primeira profecia, anterior ao primeiro milagre que ocorreu na terra. Jesus declara a base da fé.
A Jesus foi revelada a essencia da fé. E a ele foi concedido a fé sem limitação. Não há medida para a fé que Jesus exercia. E pela tremenda fé que Ele tinha Jesus realizaria o que todo mago sonhou por toda a vida sem jamais o conseguir. Jesus tomou da tremenda autoridade que a fé lhe concedia e realizou o impensado. Sua Palavra estabeleceu Leis Espirituais. Sua Palavra transformou o universo. Sua palavra estabeleceu um novo caminho, um sublime caminho, um excelente caminho de acesso pleno ao coração do próprio Deus. Como um legislador de autoridade infinita, Jesus manifestou na terra o mesmo poder que Deus manifestou na criação do universo. Ele anuncia uma promessa fantástica, um dom inefável.  Ele anuncia algo imcompreensivel. O Direito ao qual ele estabelece a partir daquele momento. Da boca de Cristo emanam leis espirituais. Ele legisla. Ele anuncia revelações que estabelecem coisas novas. Ele declara leis como garantia absoluta de que há compromisso divino assumido eternamente de conceder coisas aos que oram. A partir do que Ele disse, como se Deus mesmo o dissesse ( e na verdade era justamente isso),  eu recebo o direito de receber  o objeto de minhas orações. Cristo anuncia coisas admiráveis e a sua palavra, a palavra de Cristo, é revelação divina plena. O que dele sai, o que ele promulga  é testemunhado pelos anjos,e será cumprido exatamente como ele prestabeleceu.
O princípio da generosidade de Deus é eterno, sua explendida misericórdia é a base de seu relacionamento  com o ser humano desde a eternidade.
Mas agora,  enquanto prega, nesse exato momento histórico,  na cidade costeira de Cafarnaum, os tesouros celestiais foram abertos e manifestos. As riquezas divinas são declaradas como dádiva, e os recursos de Deus são declarados  estando a distancia de uma oração. Jesus estabelece nessa hora uma lei.  Uma promessa é concedida ao homem por um emissário autorizado. Por quem possui autoridade plena para declarar tal coisa. Por que ele estará envolvido pessolamente pelos séculos dos séculos no cumprimento daquilo tudo que anunciou, de cada palavra, de cada profecia, de cada promessa, de cada uma dessas leis maravilhosas que declarou ousadamente.  Deus é representado plenamente pela pessoa de Cristo. Nesse momento o ser humano ouve do próprio Deus o que ele quer e vai realizar. Ele, Deus, promulga através de Jesus uma ordem, para todo aquele que crer e o fizer:
Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.
Por toda a eternidade ecoou essa declaração. Os céus o escutaram e todos os seres que nele habitam. A escuridão e todos os demonios que nela trafegam sabem que Deus fará o que a boca de Cristo anunciou. 
Quando você orar e receber as coisas pelas quais orou,  entenda, não é uma simples concessão que nos esta sendo dada. É uma ordem fruto do coração de um Deus que nos trata como a filhos. E que se tornou através da Cristo, participante de nossa humanidade, para que para nós ele, Deus,  não seja somente Deus. Porque o mistério da fé é que em Cristo Jesus, Deus o criador de tudo, se torna,  acima de tudo, nosso PAI.
O novo patamar de relacionamento com Deus estabelecido pela palavra de Cristo é direito inviolável de cada crente. 
Seu amor inimaginável estabelece conosco  uma relação de confiança inabalável.  
Esse é o novo caminho, no qual a dádiva e o dom são obra continua .Para que operando em nós o que não é possivel que alcançemos humanamente,  suprindo as nossas necessidade e através de nós, a necessidade do mundo,  abençoando de modo espetacular a terra.
Certa feita Jesus perdoou os pecados de um homem. os sacerdotes pensavam quem é esse que pensa que pode perdoar os pecados° Quem é esse que se coloca na posição de Deus? 
É aquele que recebeu de Deus o poder de legislar segundo a sua vontade.

O homem que não ora deixa de lado essa absurda vocação celestial.  Deixa de lado sua premissa. Não compreendeu a sua dádiva.  As necessidades de milhões podem ser supridas pelas orações de milhares.  Porque ousadamente Deus não estabeleceu limites para a lei que ele mesmo declarou. 
 Então, faça-me um favor.
 – Cumpra a vontade do Senhor. Realize o mandato divino estabelecido pela palavra de Cristo. Faça o que Cristo orientou que você fizesse.    

Porque Deus realizará aquilo que Jesus pronunciou.

Independente da fragilidade, da nossa natureza, das variações de nossa vida, das mudanças de nossa aparencia, do passar de nossos anos, dos medos, de nossas noites mal-dormidas, dos nossos receios todos. Não importa o que somos hoje ou o que nos tornarermos amanhã. Não importa a roupa, os sonhos não realizados, os erros cometidos.

Não importa o retrato que tiremos a cada dia de nós mesmos. Ele nos amará a CADA DIA e a cada momento, e sobre nossas cabeças pairara a sua voz, o seu desejo e essa bendita promessa.

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Mateus 7:7
Welington J Ferreira
Imagine a man who was able to generate the laws of physics or chemistry with an announcement. Imagine someone who could change the way how matter or energy work. Imagine someone who could generate laws that define how the spiritual reality works. If we think that no man is able to change the laws that act on the cosmos, no matter how small, to think that level of achievement is very difficult. No scientist can establish any new law in the universe. Most of the time, researchers have focused on the mystery of the laws that surround us trying to find something that does not realize or understand a small portion specifies a set of interconnected and interrelated laws, the best way possible to them. Work on what is already written in mathematics of things, physical energy, in the relations of chemistry, the laws of biology. The science seeks to understand the principles and laws laid down since the universe exists, nothing to add power and nothing can take. A man who could generate something or establish a transcendent reality would sound like an act of magic. The men sought the power of magic to try to control or change the world around them. The scientist struggles to find laws within laws that support the universe that allows them to control at least part of this universe. But no human being born of woman can even increase the amount of hair you have, or have a microbe may obey the sound of your voice. We can not generate new spiritual laws. We can not because such laws do not belong to us. Were not created by us. Not for us. Prior to God. Until a law unknown to the human being was manifested to man, by a man whose authority is distinguished from all other human beings on earth. Man this known through a wonderful revelation we call the gospel.
And the only man we know as Jesus Christ. And this we call the revealed law of faith.This gospel announces some amazing things. Jesus establishes between God and us a new relationship. Faith is a closely guarded secret for centuries, a mystery that has always existu. It originates in the heart of God and is part of everything from his early works. There is something new that Christ spoke. It is not known. Proved by the prophets of God, known by the hearts of the intercessors and women of prayer who lived in ancient times, and now declared as a gift, a gift, as spiritual law for all mankind who believes in him. Jesus reveals a plan that begins before the first prophet to declare the first prophecy, before the first miracle that occurred on earth. Jesus declares the foundation of faith.The Jesus was revealed the essence of faith. And he was awarded the Faith without limitation. There is no measure for the faith that Jesus practiced. And the tremendous faith that He had Jesus accomplish what every magician dreamed all his life without ever achieve. Jesus took the tremendous authority that faith gave him and did the unthinkable. His Word established Spiritual Laws. His Word became the universe. His word established a new path, a sublime way, an excellent way of full access to God’s own heart. As a legislator infinite authority, Jesus expressed the same power on earth that God has manifested in the creation of the universe. He announces a fantastic promise, an ineffable gift. He announces something incomprehensible. The law to which it lays from that moment. Emanate from the mouth of Christ spiritual laws. He legislates. He announces revelations that set new things. He says laws like absolute guarantee that no divine appointment eternally taken things to give to those who pray. From what he said, as if God himself told you (and was indeed just that), I get the right to receive the object of my prayers. Christ spoke admirable things, and his word, the word of Christ is fully divine revelation. What comes out of it, which he promulgated is witnessed by the angels, and will be fulfilled exactly as he prestabeleceu.The principle of the generosity of God is eternal, his splendid mercy is the basis of their relationship with humans from time immemorial.But now, while preaching at this very historic moment in the coastal town of Capernaum, the treasures of heaven were open and obvious. The divine riches are declared as a gift, and God’s resources are being declared at the distance of a prayer. Jesus establishes a law at this time. A promise is given to man by an authorized messenger. For those who have full authority to declare such a thing. Why would he be involved pessolamente for ever in the fulfillment of all that they said, every word, every prophecy, every promise, every one of these wonderful laws which declared boldly. God is fully represented by the person of Christ. At that moment the human being of God himself hears what he wants and will do. He, God, through Jesus promulgated an order to all who believe and do:
Ask, and it is unto you, seek, and ye shall find, knock and open themselves unto you.
For all eternity echoed this statement. The heavens listened and all beings that inhabit it. The darkness and all the demons that it travels know that God will do what the mouth of Christ announced.
When you pray and receive the things prayed understand, is not a simple concession is being given to us. Result is an order of the heart of a God who treats us like children. And that has become through Christ, partaker of our humanity, so for us it, God is not only God. Because the mystery of faith that is in Christ Jesus, God the creator of everything, becomes, above all, our FATHER.
The new level of relationship with God established by the word of Christ is the inviolable right of every believer.His love provides us an unimaginable trust unshaken.This is the new way in which the gift and the gift are the work continues. For working in us that is not humanly possible to reach, supplying our needs and through us, the need of the world, blessing the earth in spectacular fashion .One time Jesus forgave the sins of one man. the priests thought who is this who thinks he can forgive sins ° Who is this that stands in the position of God?It is he who received from God the power to legislate at will.
The man who now sets aside the absurd calling. Leave aside his premise. She did not understand her gift. The needs of millions can be met by the prayers of thousands. Because God does not boldly set limits to the law he himself declared.

 So grant me, reader, an application.

 – Keep the Lord’s will. Realize the divine mandate established by the word of Christ. Do what Christ instructed you to do.

Because God will do what Jesus said.
Regardless of the fragility of our nature, of changing our lives, changes our appearance, the passing of our years, the fears, our sleepless-nights, all of our fears. No matter what we are today or what we tornarermos tomorrow. No matter our clothes, our unrealized dreams, or our mistakes.No matter what picture we have of ourselves each day. He will love you every day and every moment will hang over our heads and your voice, your desire and that blessed promise.

Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.
Mateus 7:12

Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.
Mateus 7:12

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: