Projeto Ler

DISSERAM QUE NA MINHA RUA
TEM PARALELEPÍPEDO FEITO
DE PARALELOGRAMOS.
SEIS PARALELOGRAMOS
TEM UM PARALELEPÍPEDO.
MIL PARALELEPÍPEDOS
TEM UMA PARALELEPÍPEDOVIA.
UMA PARALELEPÍPEDOVIA
TEM MIL PARALELOGRAMOS.
ENTÃO UMA PARALELEPÍPEDOVIA
É UMA PARALELOGRAMOLÂNDIA?

ALICE DISSE QUE EU DISSE
QUE ELA DISSE
QUE O QUE EU DISSE
ERA UM POÇO DE TOLICE.
MAS EU DISSE QUE NÃO DISSE
O QUE ELA DISSE
QUE EU DISSE QUE ELA DISSE,
E QUEM FEZ O DISSE-DISSE FOI
A DONA BERENICE.

FUI AO TORORÓ

Fui ao Tororó
beber água e não achei.
Encontrei bela morena
que no Tororó deixei.
Aproveita, minha gente,
que uma noite não é nada.
Quem não dormir agora
dormirá de madrugada.
Ó, dona (Fulana),
ó, (Fulanazinha),
entrarás na roda
ou &carás sozinha.
Sozinha eu não &co,
nem hei de &car,
porque tenho (Fulana)
para ser meu par.
Deita aqui no meu colinho,
deita aqui no colo meu,
e depois não vá dizer
que você se arrependeu.
Eu passei por uma porta,
seu cachorro me mordeu.
Não foi nada, não foi nada,
quem sentiu a dor fui eu.

LINDA ROSA JUVENIL

A linda rosa juvenil,
juvenil, juvenil
A linda rosa juvenil,
juvenil
Vivia alegre no solar,
no solar, no solar
Vivia alegre no solar, no solar.
Mas uma feiticeira má,
muito má, muito má
Mas uma feiticeira má,
muito má
Adormeceu a rosa assim,
bem assim, bem assim
Adormeceu a rosa assim,
bem assim.
O tempo correu a passar,
a passar, a passar
O tempo correu a passar,
a passar.
O mato cresceu ao redor,
ao redor, ao redor
O mato cresceu ao redor,
ao redor.
Um dia veio um belo rei,
belo rei, belo rei
Um dia veio um belo rei,
belo rei.
E despertou a rosa assim,
bem assim, bem assim,
E despertou a rosa assim,
bem assim.
Lá lá lá lá lá lá lá lá lá lá

Carlos Drumond de Andrade

NO MEIO DO CAMINHO

No meio do caminho tinha um pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.
Nunca me esquecerei desse
acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio
do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra

Mario Quintana

O PATO TIRA RETRATO
O pato ganhou sapato.
Foi logo tirar retrato.
O macaco retratista
era mesmo um grande artista.
Disse ao pato: “Não se mexa
Para depois não ter queixa”.
E o pato, duro e sem graça
Como se fosse de massa!
“Olhe pra cá direitinho:
Vai sair um passarinho”.
O passarinho saiu,
bicho assim nunca se viu.
Com três penas no topete
e no rabo apenas sete.

Projeto Ler

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: