Sobre o tempo

Sobre o tempo

Não deixe que te separe o tempo
de quem você deveria estar amando
Por todos os dias
de sua breve ou longa vida.

Não deixe que o tempo determine,
distancia e o enredo
Zela,
pelos teus amigos
por tua família
pelas pessoas próximas

deixa que teu coração
lembre-se amorosamente
de tudo,
de todos,

fortalecendo as cordas
tecidas pelo infinito
Que não se rompam
Os cordões da amizade
por coisas pequenas

Que você não traga no bojo
de teu passado
Somente memórias vagas
Antes carrega contigo
Em direção de teu amanhã
Teus amores antigos
feitos de gente

Carrega, arrasta, aproxima e busca
esses amores antigos
feitos de gente
Enquanto o coração
teimoso
teimar
em viver.

Do not let the time you separate

who you should be loving

All the days

of your short or long life.

Do not let time determine,

the distance or the plot

fight

by your friends

of your family

and people nearby

let your heart

lovingly remember

all,

all,

strengthening the ropes

woven by the infinite

What does not break

The cords of friendship

over little things

What you do not bring in the bulge

of your past

Only vague memories

Before carrying with you

On the way to your future

Your old loves

made of people

Carry, drag, approach and seeks

these old loves

made of people

While the heart

stubborn

persist

to live

Welington José Ferreira

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: