Sobre certas questões do cavalheirismo contemporaneo

Tem coisas que o ser humano pode fazer pra melhorar sua relação.O feminismo que iguala homens e mulheres resvala um antagonismo que é mais uma questão de dialética que compare as coisas que deveriam ser comparadas. Erro de objeto. Igualdade entre sexos nada tem a ver com  descortesia, ou com assumir limitações. Não é a questão de igualdade que prevalece sobre a fragilidade feminina. A fragilidade feminina não significa fraqueza, e  nem de longe configura um sinonimo de superioridade masculina.  Mesmo porque essa tal jamais foi encontrada em lugar algum. Ninguém é mais nobre por ser mais resistente, maior por ser mais forte, melhor por pular mais alto, superior por ter essa ou outra condição natural de realizar algum tipo de ato. Há um ajuste nos papéis que foram dados ao homem e a mulher,  por aquele que assim os formou, formatou, formulou, idealizou e criou para que um ao outro se COMPLETEM.
Não há perfeição humana em nenhum dos dois. Não há completação humana nem neste e nem no outro sexo. Foram estabelecidos para serem dependentes.
Essa é uma lei espiritual vigente, inalienável, inviolável, imprescritivel. A exploração da condição humana, a quebra da observancia dessa lei de dependencia, dessa necessidade intrinseca, através dos recursos da dominação, ou de quaisquer sistema social que destrua essa relação de dualidade é somente um artificio humano, é na verdade uma grande bobagem.
Como essa ai da foto…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: