As Parcas

As Três Parcas
 
    As Fatalidades eram deusas que supervisionavam o destino na mitologia Grega. Os gregos antigos referiam-se a essas deusas coletivamente como Moirai. A mitologia romana chama-as de Parcas.   No entanto, as Fatalidades eram também descritas como individualidades por algumas fontes, e, de fato, há uma tradição onde as três deusas detinham a responsabilidade em vigiar o destino.
As Parcas são descritas por Hesíodo em sua Teogonia. Elas eram filhas de de Zeus e Themis e eram, por conseguinte, irmãs de Horae. Hesíodo também clama que elas eram filhas da Noite (Nyx) . As deusas eram:
 

1) Clotho: a roda da vida 2) Lachesis: a duração 3) Atropos: a inevitabilidade ou inflexibilidade

As deusas davam aos mortais a escolha do bem e do mal


    Na simbologia, as Fatalidades eram associadas a cada pessoa – e identificadas como um trio de mulheres, cada uma das deusas detendo uma corda de uma marionete, que era manipulada. Cloto selecionava a vida,  Lachesis media  a sua duração e Atropos cortava a corda, indicando o fim da vida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: