Formigas

Formigas 
 
(sobre a melodia de Bailes da Vida de M.Nascimento)
Eram duas formigas
Levando nas costas seu pão
Correndo loucas
Atrás a multidão
Pois quem cair
Sem pão ficará
Eta gente faminta
Pois num dá tempo
De descansá
Eram duas formigas
Seguidas pela multidão
Será possível que num tem lugar
Pra se parar, pra descansar
Pra até pensar
Pão nas costas num alimenta
Quem carregá
Vai se matá
Eram duas formigas na noite
Fugindo sem dó
Cadê as leis, quem as protegerá…
Quando acabar
O que restará
Das pequenas que correram
Pelo seu pão
Pelo seu pão
Eram duas formigas
Fugindo da multidão
Ó formigueiro que não chega nuuunca!
Dizem depois
Que é fácil viver
Digam isso
Veementemente
Pra multidão.
Pra multidão…
Welington

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: